Prefeitura e Sindicato dos Empregadores Rurais definem VTN para declaração do ITR

Na segunda-feira, dia 30, o prefeito municipal Felippe Rieth, secretário da Administração, Fernando Avila de Melo e o fiscal de tributos, Marcelo Boff reuniram-se com o presidente do Sindicato dos Empregadores Rurais, César Magrin para discutir sobre a atualização do Valor da Terra Nua –VTN, para fins do Imposto Territorial Rural – ITR.

Na ocasião, o presidente do Sindicato propôs uma padronização dos valores do VTN para os municípios associados ao Sindicato, Capão Bonito do Sul, Lagoa Vermelha e Caseiros, por entender que as áreas de terra não se diferem.

Com a atualização dos valores, a Lavoura Aptidão Boa passou de R$ 24.000,00 para R$ 28.000,00; Lavoura Aptidão Regular de R$ 16.800,00 para R$ 18.000,00; Lavoura Aptidão Restrita de R$ 12.000,00 para R$ 15.000,00; Pastagem Plantada de R$ 24.000,00 para R$ 22.000,00; Silvicultura ou Pastagem Natural de R$ 21.600,00 para R$ 18.400,00 e Preservação da Fauna e Flora de R$ 12.000,00 para R$ 9.000,00.

Conforme o secretário da Administração, Fernando Avila de Melo a atualização da tabela não trouxe nenhum aumento, e sim uma melhor distribuição nas faixas de valores, não ultrapassando o valor médio do ano passado.

O prazo para declaração do Imposto Territorial Rural – DITR inicia no dia 13 de agosto e deve se estender até o dia 28 de setembro. O proprietário rural que declarar o ITR fora do prazo estabelecido terá multa de 1% ao mês, calculada sobre o total do imposto devido, considerando parcela mínima de R$ 50,00.

Durante o encontro também foi discutido sobre a atualização das matrículas, onde o presidente se comprometeu em auxiliar em uma campanha para que as áreas de terra pertencentes a Capão Bonito do Sul sejam declaradas no próprio município, isso porque, de acordo com Fernando, algumas áreas de terra pertencentes à cidade ainda estão sendo declaradas em Lagoa Vermelha.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Capão Bonito do Sul – Vanusa Lopes MTB/RS – 18.532