Programa de Educação Fiscal é abordado em palestra com alunos da Firmino Frizzo

Com o objetivo de divulgar sobre o Programa de Educação Fiscal, o secretário da Administração, Planejamento e Finanças, Fernando Avila de Melo, juntamente com os fiscais de tributos da prefeitura Marcelo Boff e Marcio Ribeiro estiveram nesta terça-feira, 20, no Auditório da Escola municipal Firmino Frizzo.

Na ocasião, eles abordaram sobre os objetivos do programa com os alunos do 6º ao 9º ano, explicando sobre a importância de exercer a sua cidadania fiscal desde cedo, além de ajudar na fiscalização da aplicação do dinheiro público.

Os estudantes também aprenderam sobre como participar dos programas Nota Fiscal Gaúcha e Nota Premiada, que através do sorteio de prêmios visam incentivar as pessoas a solicitar a inclusão do CPF nas notas fiscais em suas compras e conscientizá-los sobre a importância do tributo.

Nota Premiada

Em nível municipal, o programa Nota Premiada foi instituído no município em 2017, e desde então, já premiou diversos moradores do município. Para participar do programa é preciso informar o CPF na nota fiscal de cada compra e trocá-las por cupons da campanha no setor de tributos da prefeitura.

O segundo sorteio de 2018, que irá sortear R$ 10 mil em dinheiro em 20 prêmios e uma moto 0 Km, acontece no dia 7 de dezembro, durante a programação da Natal do município.

Os contribuintes poderão trocar suas notas fiscais poderão até o dia 3 de dezembro.

Conscientização da Comunidade

            Para contribuir com a divulgação do programa de Educação Fiscal em todo município, na segunda-feira, 19, os alunos participantes do programa realizaram a panfletagem de material informativo sobre o programa em toda cidade.

Os folderes produzidos pelos estudantes em sala de aula ajudam a entender sobre a importância da cidadania fiscal através de histórias e passatempos, como cruzadinhas e caça-palavras, sobre a educação fiscal.

Além de campanhas educativas, dentro das escolas serão desenvolvidas outras atividades com o objetivo de formar cidadãos conscientes, como por exemplo, realização de palestras e a abordagem do programa em sala de aula.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Capão Bonito do Sul – Vanusa Lopes MTB/RS – 18.532