6ª Conferência Municipal da Saúde é realizada em Capão Bonito do Sul

Com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS”, evento reuniu grande público

Na última quinta-feira, dia 4, a secretaria da Saúde e Assistência Social promoveu a 6ª Conferência Municipal da Saúde. O evento reuniu cerca de 80 pessoas no Gaúcho Futebol Clube e teve como tema central “Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS”.

          A conferência teve como objetivo principal promover a participação popular nas escolhas dos projetos e demandas e aplicação dos recursos da saúde, podendo debater e contribuir com a organização das políticas do SUS.

          Para falar sobre o tema, o evento contou com a palestra da presidente da Câmara de Vereadores de Lagoa Vermelha e enfermeira do CAPS, Márcia do Carmo.

          A enfermeira, que também já atuou como secretária da saúde de Lagoa Vermelha, abordou sobre o Sistema Único de Saúde – SUS e sobre a importância da prevenção de doenças. De acordo com ela, o SUS é um sistema de saúde amplo, completo e abrangente, se fosse aplicado exatamente como é. “Eu penso no SUS como um sistema de saúde que dá benefícios ao cidadão que nenhum outro plano garante, como medicamento, transporte, fisioterapia, nutricionista, psicóloga, quer dizer, ele é um plano que prevê todos os níveis de atenção do indivíduo.”, comentou.

          Segundo Márcia, o principal problema do sistema é a questão do financiamento. “Faz muito tempo que o SUS não recebe reajuste, então nós temos que ter uma boa gestão para aplicar esses recursos… E essa gestão começa desde o nível estadual, federal e chega no municipal.”, explicou.

Ao falar sobre a conferência, Márcia enfatizou a importância da participação da comunidade. “No município o secretário vai definir onde se aplicar esse dinheiro, mas é fundamental a realização das conferências para que as pessoas possam estar colocando onde elas querem que seja investido esse dinheiro”.

          A conferência seguiu com a divisão dos eixos onde foram eleitas as propostas da população para serem levadas durante a 8º Conferência Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, dos dias 24 a 26 de maio, em Porto Alegre., pelos delegados eleitos durante o evento.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Capão Bonito do Sul – Vanusa Lopes MTB/RS – 18.532