Prefeito Felippe fará parte de Comissão que trata sobre municípios sem acesso asfáltico

Nesta quarta-feira (25), o prefeito Felippe Rieth esteve em uma Audiência da Famurs – Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, que tratou sobre a criação de uma Comissão dos municípios sem acesso asfáltico. O objetivo, é debater sobre o tema junto à Bancada Gaúcha, Governo do Estado e Governo Federal.

            Durante a reunião ficou criada a Comissão, da qual o prefeito Felippe fará parte, juntamente com os prefeitos de Nova Ramada, Marcus Jair Bandeira; de Pedras Altas, Luiz Alberto Soares Perdomo; de Pinheirinho do Vale, Elton Tatto; de São Martinho da Serra, Gilson de Almeida; e de Senador Salgado Filho, Mário Aldir Klein. O grupo será presidido pelo vice-presidente da Famurs e prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda.

            Um dos propósitos da Comissão, é realizar uma reunião com o secretário Estadual de Transportes, Juvir Costella e com a Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios sem Acesso Asfáltico para que juntos, definam sobre o andamento das obras. Atualmente, existem 57 municípios e 58 trechos, entre obras não iniciadas, paralisadas ou concluídas parcialmente, segundo levantamento realizado pela área técnica de Segurança Pública, Mobilidade e Trânsito da Famurs.

Com a finalidade de buscar soluções para a conclusão das ligações asfálticas dos municípios, na quinta-feira, dia 18, o prefeito Felippe já havia conduzido uma reunião da Amunor, da qual é vice-presidente, representando o presidente e prefeito de Sananduva, Leomar José Foscarini. O encontro contou com a presença do Secretário de Transporte do Estado, Juvir Costella e do Secretário de Governança e Gestão Estratégica, Cláudio Gastal.

            No encontro realizado nesta semana em Porto Alegre, na Famurs, ficou definido que os municípios que não possuem acesso asfáltico deverão encaminhar um relatório com fotos descrevendo a situação de cada trecho sem pavimentação asfáltica, no prazo de 30 dias. Através deste documento, será criado um dossiê que será usado para as negociações de recursos para as obras.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Capão Bonito do Sul – Vanusa Lopes MTB/RS – 18.532