Projeto Power Jovem oferece qualificação profissional de jovens para o mercado de trabalho

Primeiras aulas do Projeto aconteceram no início de agosto

Visando preparar os jovens para o mercado de trabalho, a prefeitura de Capão Bonito do Sul, através da Secretaria da Educação, Cultura, Esporte e Turismo criou o projeto Power Jovem.

O Programa foi criado levando em conta uma das principais dificuldades encaradas pelos jovens recém-formados: a de conseguir ingressar no mercado de trabalho devido à falta de experiência.

Conforme o prefeito Felippe Rieth, o município tem papel fundamental para ajudar a mudar essa realidade, e foi com esse objetivo que nasceu o Projeto. “O programa Power Jovem traz aos jovens a oportunidade de se qualificar através de diversas oficinas e cursos de qualificação para o ingresso no mercado de trabalho. Com isso nossos jovens terão muito mais oportunidade logo que saírem da escola”, comentou.

Através do projeto a prefeitura, em parceria com o Senac disponibiliza de professores qualificados para ofertar aulas gratuitas, todas as terças e quartas-feiras, para alunos que estão cursando o ensino médio ou pessoas da comunidade que buscam uma maior qualificação profissional. Ao todo, serão disponibilizadas 40 vagas em cada uma das modalidades.

Entre os módulos de ensino disponíveis através do curso estão Desenvolvimento de Liderança, Trabalho em Equipe e Empreendedorismo, que já estão sendo desenvolvidos em sala de aula com a professora Adriana Manto, além de matérias que farão parte dos próximos módulos do curso, como, Dicção, Desinibição e Oratória, Espanhol Básico, Inglês Básico; Redação Oficial, Reforma Ortográfica, Primeiro Emprego e Relacionamento Interpessoal; Rotinas Comerciais, Negociação e Formação de Preço de Venda e Técnicas Administrativas, que fará parte do último módulo do curso.

Para custear o projeto, que conta com investimento de R$ 24.800,00, a prefeitura utilizará o dinheiro da economia gerada com o transporte escolar durante os dois dias que os estudantes permanecerão na escola em período integral. A permanência dos alunos na escola para o curso trará uma economia aproximada de R$ 6 mil ao mês.

Ao final do curso, os alunos serão convidados para desenvolver um projeto que traga benefícios e desenvolvimento ao município, sendo reconhecido e custeado pela prefeitura.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Capão Bonito do Sul – Vanusa Lopes MTB/RS – 18.532