Capão Bonito do Sul decreta situação de emergência devido à estiagem

Devido ao período de estiagem que vem afetando todo Estado do Rio Grande do Sul desde o final do ano passado, o município de Capão Bonito do Sul decretou situação de emergência.

O abastecimento de água já está sendo afetado em algumas comunidades. Em Barretos, alguns açudes já estão secando, deixando vários peixes mortos. Além disso, a situação dos agricultores é preocupante, já que de acordo com dados do escritório local da Emater/RS-Ascar, as perdas na produção de grãos podem ultrapassar 30% dependendo a região do município. Ainda conforme o órgão, as culturas mais afetadas são feijão, milho, soja e pastagens, afetando também a produção pecuária.

De acordo com o prefeito a situação preocupa. “Diante da situação que estamos enfrentando, pedimos que todos os munícipes usem a água de forma consciente, sem desperdícios… não lavar carros, calçadas e limpeza de piscinas, por exemplo. A responsabilidade é de todos para que consigamos enfrentar juntos a situação”, enfatizou.

A prefeitura irá encaminhar o decreto à Defesa Civil informado a situação, que deverá ser reconhecido e analisado pelo Estado. Com a medida, o município busca conseguir recursos e resguardar possíveis direitos dos produtores atingidos no futuro.

Devido a situação, além do decreto de emergência, nesta segunda-feira, 16, o município deve iniciar o racionamento de água potável na sede do município, sendo interrompido o abastecimento das 13h às 18h. Nas demais comunidades, o abastecimento não será interrompido, devendo antes ser analisada a situação para que sejam tomadas as medidas necessárias.

Vários municípios do Estado já estão decretando situação de emergência, entre eles, o município vizinho de Lagoa Vermelha.

Fonte: Assessoria de Imprensa de Capão Bonito do Sul – Vanusa Lopes MTB/RS – 18.532