Escola Firmino Frizzo inaugura novo espaço de leitura

O ambiente conta com diversas obras literárias, para todas as idades, e fica anexo à Biblioteca Pública Municipal Dona Benta

“Cá estamos, crentes de que a transformação do mundo começa pela leitura, pelo encantamento da magia presente nos livros, que só com ela é capaz de mudar pessoas e estas sim, mudarem para melhor tudo o que está a sua volta”, com as palavras de Miguel de Cervantes representantes da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Turismo inauguraram mais um espaço de incentivo à leitura em Capão Bonito do Sul: a Sala de Leitura da EMEF Firmino Frizzo. O ambiente fica anexo à Biblioteca Pública Municipal Dona Benta, e conta com centenas de obras literárias para todos os gostos e idades.

Durante a inauguração, a Prefeita Marizete Rauta destacou a importância dos investimentos realizados pela Secretaria de Educação. “Esse novo espaço de leitura entregue à comunidade, vem a agregar o importante hábito que buscamos incentivar diariamente, com grandes obras. Enquanto Administração Municipal, precisamos dar suporte às escolas e através das páginas dos livros, grandes descobertas acontecem. É um orgulho para nós entregarmos a Sala de Leitura à escola e à comunidade”. Entre os livros, títulos que encantam desde os pequenos até os mais grandinhos, mais um investimento na educação do município.

O Secretário Interino de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, Robson Pimentel, assegura que o espaço da Sala de Leitura vem para agregar ainda mais valor à educação. “O valor dedicado ao espaço representa um investimento naquilo que temos de mais rico, nossos alunos e comunidade. A educação é bandeira inegociável da pasta e as estratégias para que o sucesso seja efetivo vêm sendo tratadas com muita dedicação. Junto a Sala de Leitura em nossa Biblioteca Municipal, destacamos a extensão do projeto que irá atingir às salas de aula com a iniciativa de inserir narrativa diária de leitura para todos os alunos da Rede Municipal. Acredito que assim, com a prática de boas obras, seremos capazes de melhorar ainda mais o rendimento dos alunos e aproximar ainda mais a comunidade da leitura, fazendo uma inserção da cultura na vida da comunidade”, reforçou.

Estiveram presentes na inauguração, representantes da Rede Municipal de Ensino, do Poder Executivo e Legislativo, e ainda, familiares de Maria de Oliveira Costa, a Dona Benta, Patrona da Biblioteca Pública Municipal de Capão Bonito do Sul.

Dona Benta: exemplo de mulher

Maria de Oliveira Costa, a Dona Benta, teve sua história reconhecida por se tornar a aluna mais velha do Estado. Ela concluiu o Ensino Médio aos 94 anos, em 2012, e foi uma mulher batalhadora, mãe, avó e bisavó. Gostava de estudar, de ler e era apaixonada pela disciplina de Língua Portuguesa. Fez parte do Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Abelardo José Nácul e conseguiu se formar com muito louvor e muita dedicação. Dona Benta contava para seus colegas e professores que na época de menina não pode estudar, pois, à época, o ensino na escola não era permitido para as mulheres.

Sempre muito curiosa e interessada, pegava escondido o papel de estudo dos irmãos para poder ir se alfabetizando. Praticamente sozinha, aprendeu a ler e depois de casada, com os filhos criados, foi que conseguiu ingressar nos bancos escolares e se formar. A Prefeita Marizete salientou o legado que Dona Benta deixou para a comunidade. “Sem dúvidas Dona Benta será sempre lembrada pela persistência, empenho, amor e por, assim como nós, acreditar na educação transformadora. Um legado deixado a todos e que jamais será esquecido”.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Capão Bonito do Sul