Município decreta situação de emergência devido à estiagem

O Decreto foi publicado na manhã desta sexta-feira (07)

Fotos: Felipe Souza/Ascom PMCBS

A falta de chuva dos últimos meses tem gerado inúmeros prejuízos aos produtores rurais, além do impacto na falta de água para o consumo doméstico. Frente à estiagem que assola o estado, em especial Capão Bonito do Sul, a Administração Municipal publicou o Decreto nº 1706/2022, que declara situação de emergência nas áreas do município, afetadas pela estiagem. O município, ao longo desse período de seca, disponibiliza todo o aparato disponível para minimizar os efeitos do desastre, bem como para assistência aos afetados, no entanto, os efeitos da falta de chuva resultaram nos danos materiais, além dos prejuízos econômicos e sociais.

Com o decreto publicado, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem, sob a Coordenação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução. “Chegamos a uma situação preocupante e que exige medidas mais drásticas, com o intuito de amenizar os dados causados pela falta da chuva. O município está empenhado em auxiliar o produtor rural, bem como a população em geral, que já sofre com o abastecimento de água. Esperamos, com o Decreto, o apoio dos governos Federal e Estadual, para, dentro da legalidade, prestar o suporte aos afetados pela estiagem”, declara o prefeito municipal, Felippe Rieth.

O documento considera o parecer, após levantamento, da Defesa Civil municipal, em parceria com o Setor de Meio Ambiente e o escritório da Emater-Ascar/RS de Capão Bonito do Sul. O Decreto de Situação de Emergência foi encaminhado, com toda documentação necessária, para o Governo do Estado e a Administração Municipal aguarda reconhecimento do mesmo. “Realizamos todas as avaliações necessárias para chegarmos ao decreto. A falta de chuva é uma situação que nos entristece e que foge do nosso controle, no entanto, enquanto Gestão Pública Municipal, seguiremos empenhados em dar todo o amparo necessário e possível à nossa população”, reitera Rieth.

Município transporta água para comunidade no interior

Recentemente, Capão Bonito do Sul publicou medida que visa conscientizar para economia no consumo de água por parte da população, tendo em vista a crise hídrica causada pela estiagem. Foi determinada a restrição na utilização de água tratada distribuída pela rede pública do município. Além disso, a Administração Municipal, através da Secretaria de Infraestrutura e o Setor de Água, adaptou um caminhão pipa para o transporte de água até o Assentamento 25 de Novembro, onde um poço artesiano que abastecia parte da comunidade secou devido à falta de chuva. O reservatório é abastecido com cerca de 15 mil litros, de duas a três vezes por dia.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Capão Bonito do Sul