Capão Bonito do Sul projeta a próxima edição do Rodeio Nacional

Sucesso de público, premiação e de ginetes participantes a segunda edição do evento tradicionalista foi avaliado positivamente pela Administração Municipal  

Mal terminou uma edição e os preparativos para o III Rodeio Nacional de Capão Bonito do Sul já começaram. O evento tradicionalista, reconhecido no Estado, ganha novo status após quatro dias de festa. De 07 a 10 de abril milhares de pessoas circularam pelo Parque Municipal de Eventos João Lindolfo Bolsonello onde puderam conferir verdadeiros espetáculos nas competições campeiras, na estrutura e nos shows que animaram três noites. “O sucesso do Rodeio nos projeta a buscar o reconhecimento para realizarmos, em 2024, um possível I Rodeio Internacional, tamanha a grandeza que se tornou a nossa festa. Estamos felizes com tantas conquistas nesse ano, até o momento, e tantas outras que virão, é uma constância e visível evolução do nosso município”, analisa o prefeito municipal, Felippe Rieth.

Além das projeções, Rieth destaca a participação dos competidores tradicionalistas nesse ano, foram 33 ginetes, mais as centenas de laçadores. “Tudo foi pensado e escolhido para que pudéssemos realizar um evento da magnitude que os capão-bonitenses e todos os participantes merecem, e acredito que podemos dizer que cumprimos a missão. Tivemos competidores da região, da Fronteira, Santa Catarina, Paraná e um argentino. Já as tropilhas, de primeira, vieram de Santa Maria, São Borja e Formigueiro. Nosso Parque está pequeno para o tamanho do Rodeio Nacional”, evidencia o prefeito municipal. O II Rodeio Nacional distribuiu, nas competições campeiras, mais de R$ 80 mil aos vencedores. A programação contou com duelos, laços, gineteada e a final do Campeonato Municipal, que iniciou no ano passado.  

Em 2022, a estrutura do Parque Municipal ganhou ainda mais investimentos com a arquibancada coberta, areia na cancha, além de restaurante, praças de alimentação, comércio de roupas e artigos tradicionalistas, e a participação de produtoras locais da agroindústria familiar. “Foi um trabalho árduo para que tudo saísse acima do esperado, e conseguimos. Podemos dizer que valeu a pena, pois ver o Parque cheio, ouvir os elogios, os acampamentos lotados, nos fez ter a certeza de estarmos no caminho certo, consolidando o Rodeio Nacional um evento do tamanho do Rio Grande”, salienta o patrão do CTG Nenê Lima, Fernando Avila de Melo. A realização do II Rodeio Nacional, XVI Festa Tradicionalista e o III Encontro de Ginetes é da Prefeitura Municipal de Capão Bonito do Sul com apoio do CTG Nenê Lima e Piquetes filiados, e patrocínio do Núcleo Centro-Sul de Cavalo Quarto de Milha, Haras 3G, Sicredi, Oleoplan e Cotrijal.

Mais investimentos

Na noite de sábado (09), durante a cerimônia de abertura do III Encontro de Ginetes, o Deputado Federal Pompeu de Mattos (PDT), anunciou que irá repassar R$ 300 mil para a construção de uma arquibancada de concreto no Parque Municipal de Eventos, o pedido de Emenda Parlamentar foi realizado, ao deputado, pelo patrão do CTG Nenê Lima, Fernando Avila de Melo e pela patronagem. “Nosso objetivo para os próximos eventos termos nossa Casa de Carnes além da ampliação e melhorias de alguns espaços para receber nossos visitantes, com a arquibancada, não era diferente. Casa cheia precisa de uma estrutura mais aconchegante, e aos poucos vamos conseguir entregar um Parque Municipal de Eventos ainda melhor para nossa comunidade”, pontua Fernando. O II Rodeio Nacional, XVI Festa Tradicionalista e o III Encontro de Ginetes foi uma promoção da Prefeitura Municipal de Capão Bonito do Sul com apoio do CTG Nenê Lima e Piquetes filiados, e patrocínio do Núcleo Centro-Sul de Cavalo Quarto de Milha, Haras 3G, Sicredi, Oleoplan, Cotrijal, NG Revista, Postos Zotti, ElektroLagoa Soluções Elétricas, Dillianz Group e Araldi Multimarcas.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Capão Bonito do Sul