Com anúncio de ampliação no Posto de Saúde, “Farmácia Viva” é inaugurada

O horto possuí ervas medicinais que passarão por processos de secagem para prescrição como alternativa de tratamento natural à população

Malva, Macela, Tanchagem, Camomila, Quebra-pedra, Espinheira Santa, Hipérico, Melissa, Guaco e Maracujá são as dez plantas que compõe a lista de ervas medicinais disponíveis na Farmácia Viva, projeto inovador, referência no Estado, que foi inaugurado na última semana, em Capão Bonito do Sul. O projeto foi idealizado pela primeira-dama do município, a Enfermeira, Thais Roman Rieth, em 2018, e aos poucos, foi ganhando forma, saiu do papel e foi entregue aos capão-bonitenses. A Farmácia Viva foi instituída pelo Ministério da Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde, como um modelo de farmácia no contexto da Assistência Farmacêutica Nacional, que abrange o cultivo e beneficiamento de plantas medicinais.

O espaço contempla arquitetura moderna, ampla e que acomoda as plantas medicinais que em seu processo de cultivo natural, passarão por secagem e após, serão destinadas à população, prescritas pelos médicos como alternativa de tratamento natural. A Farmácia Viva foi construída ao lado do CRAS de Capão Bonito do Sul, com investimento de cerca de R$ 201 mil – recurso proveniente do Ministério da Saúde, e contrapartida do município – R$ 15 mil. “É muito gratificante presenciar a inauguração do projeto. Fico emocionada, pois foram anos até que o projeto fosse aprovado, tivesse início e hoje entregue à comunidade. É um espaço pensado para toda a comunidade; um espaço amplo, moderno, uma das melhores estruturas do programa, no país”, comentou Thais.

Durante a inauguração, o secretário de Saúde e Assistência Social, Fernando Avila de Melo, enalteceu a iniciativa, e anunciou que o Posto de Saúde – ESF Capão Bonito do Sul será ampliado, com a construção de uma sala específica para o processo de secagem e acomodação dos chás. “Nos próximos dias chegarão os equipamentos de secagem das plantas, e por isso, uma sala apropriada será construída junto a ESF do município. A obra, assim como os equipamentos, estão em processo de licitação para que, com isso, possamos realizar no espaço adequado, a secagem e a embalagem das plantas, tudo com muito cuidado dentro das exigências sanitárias”, enfatizou.

Saúde, lazer e bem-estar

Fernando reforçou ainda, que o projeto prevê que a Farmácia Viva seja um espaço de integração e união ao SPA SUS, que é realizado pelo município, com as terapias holísticas. “Uniremos os dois ambientes como um local para meditação, encontro de grupos e atividades ao ar livre, num espaço verde, amplo, moderno e apropriado para fortalecermos essas iniciativas, referências em todo Estado”, concluiu.   

Fonte: Assessoria de Comunicação de Capão Bonito do Sul